quinta-feira, 28 de julho de 2011

Life must go on

Depois de acontecimentos marcantes em minha vida, hoje resolvi escrever de novo, e não, ainda não é o Donatto que pediu para aparecer...

Gostaria apenas de desejar a todos paciência. Pois este mundo está exigindo muito este atributo e nem todos tem condições concretas de caminhar com suas próprias pernas, quando a paciência  faz o ar faltar.

Respirar fundo, pensar 34 vezes em uma praia ou uma cachoeira, fazer uma prece, e aí sim, dizer algo a alguém... resultados impressionantes: o cravo vai virar rosa...

O problema das mentes de hoje é a compilação extrema de dados. A capacidade de resposta espontânea é boa e ruim ao mesmo tempo. Precisamos voltar a pensar antes de responder a alguém e, principalmente, precisamos saber perdoar e pedir perdão.

Não há fardo pior no mundo que o arrependimento, e palavra dita, palavra gravada.

Boa semana a todos.
Bebi três latas de cerveja, portanto a ortografia e gramática fica a critério de vocês terem ou não paciência para ler se tiver algo errado.

E tenho dito!
Amarelo, o amigo já maduro

2 comentários:

Andarilho disse...

Maduro ou bêbado? =)

Boa reflexão, principalmente por um ponto: perdão.

Fernanda Rainha disse...

i love it!