quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Mais uma homenagem (quase) póstuma...

Depois de quase chorar em minha última postagem, creio que novamente chorarei...

Ultimamente, devido a ajuda de 3 fatores externos à minha vida (a Telefonica, que finalmente está fornecendo aqui em casa uma conexão banda larga no mínimo decente, depois de 1 ano pagando pela melhor conexão, tem que melhorar mais, porém está infinitamente melhor que antes; à minha falta de pique e tempo para sair, sim, agradeço isso humildemente ao meu querido e amado chefe; e ao meu tio, um agente secreto do Governo, que trabalha disfarçado como analista de sistemas e me deu várias dicas de se baixar muito bem um torrent e legendas), enfim, 3 fatores de relevância, me fizeram relembrar de momentos QUASE esquecidos de minha vida, momentos esses que só o bom e velho torrent fizeram voltar à cena: Desenhos animados.

Não os de hoje, assim como um grande amigo meu diz, "Aqueles que são toca da boa". Pois bem.
Como na TV desde que a Kimberly não é mais a Ranger rosa, ou que o Pica Pau virou vizinho do Leôncio ou coisas do tipo, até os dias de hoje, os desenhos estão rigorosamente fracos, fraquíssimos, e estou falando DESENHOS, porque os animes japoneses, para mim, são outra linhagem e estes sim tem se renovado com desenhos tipo Fullmetal, Bleach, etc.
Estou falando de anomalias do tipo "Três espiãs demais", ou outro do gênero.

Agora, voltando aos meus downloads, que emoção eu tenho em ver e rever inúmeras vezes "Tintin", um desenho feito para "adultos", disfarçado num detetive de topetão e um cachorrinho felpudo; "Doug", que durante 3 temporadas foi excelente enquanto era da Nickelodeon, e depois que virou "Disney's Doug" ficou ridículo; "Ducktales", que além de ser pura adrenalina era uma aula de História e Geografia; "Invasão da Terra", que é mais recente, o último dos bons, feito e produzido pelo Spielberg, que foi destruido pela rede de TV aberta, ao repetí-lo fora de ordem; e, como não lembrar, do clássico "Speed Runner", o "Papa-léguas e Coyote", para os mais íntimos, que nos faziam dar muita risada, do começo ao fim, mesmo revendo pela n-ésima vez o mesmo episódio.

Sinto falta, e me encho de felicidade ao acordar às 4h da madrugada para poder ver de vez em quando Tom e Jerry no SBT, quando não estão reprisando propagandas...

Será que se as emissoras não podem colocar esses clássicos desenhos durante a madrugada? Ficaria agradecido, mas ao mesmo tempo aborrecido, porque perder a hora do trabalho todos os dias poderia gerar uma demissão.

Aos amigos "desenhófilos", inventei agora essa, assim como eu, mãos ao torrent, tem muitos desses em sites de busca, já que na TV, é difícil passar...

Desculpem se tiver algum erro de ortografia ou coisa do tipo, não estou com saco de revisar hoje.
Um tchau amarelo à todos !

5 comentários:

Daniel Rolando disse...

Errata: Lê-se "Road-Runner" ao invés de "Speed Runner". Obrigado!

Caroline disse...

Não sabia desse seu 'dom' para escrever, arrasou dani(meio gay, mas tudo bem!).

Beeeijo

Andarilho disse...

Você sabia que pode editar a postagem ao invés de simplesmente comentar, né?

Enfim, tirou meu prazer de corrigí-lo. :D

Desenhos bons, nem o Cartoon Network passa mais direito. Eu ainda morro de rir quando o Pernalonga põe o Patolino em alguma enrascada.

Fernanda disse...

Realmente, nao se fazem mais desenhos como os de antes!
Eles perderam totalmente a originalidade e conteúdo.
Hoje em dia só restam desenhos de cards e lutas, com aqueles bonequinhos totalmente sem expressão!
Saudade da caverna do dragão, dos anjinhos...
Isso sim era desenho e não esses rabiscos como Naruto que eles insistem em chamar de desenho!

Parabéns pelo blog! Voce como Engenheiro é um ótimo escritor ;x
ahauha

locumtum disse...
Este comentário foi removido pelo autor.