sábado, 25 de outubro de 2008

Velhice antes dos 30

Tem sentimentos nesta vida que só descobrimos depois que ficamos maduros. São até difíceis de explicá-los a pessoas com menos de 18 anos.

Sentimentos impensados antes dos 20 anos, problemas que passamos, morte de entes queridos, sobrinhos, filhos próprios e de amigos, amigos indo para longe, trabalho nos afastando dos amigos que ficam perto, como se fôssemos uma ilha, e esta ilha está cada vez mais se afastando da costa.

São frequentes estes sentimentos, principalmente depois dos 20 anos. E aquela história de "estou ficando velho..." começa a florescer, e nem fios grisalhos no cabelo temos ainda!

Quando inicia a faculdade, no entanto, o que sempre ocorre: namoros "infantis", "adolescentes" que duraram 5 anos com juras de amor eterno, chegam ao fim. E é hora de bagunça, balada, bebedeira.

A faculdade termina, e o casamento vem junto com a pós-graduação. Para aqueles que não querem casar cedo, uma vidinha de balada que só tem graça até uns 33 anos, depois disso, parece que nosso próprio corpo age inconscientemente à procura de uma pessoa para passar o resto da vida. Aquela a qual, nem trabalho nem nada vai nos separar.

Um dos avós falece, uma semana totalmente deprimido, mas passa, assim como tudo passa. Somos convidados para sermos padrinhos de casamento, que no começo é uma honra, um luxo, e depois vira rotina.

E quem diz que o tempo é relativo? é relativo sim, relativo aos fios brancos na cabeça (quando eles ainda existem), à pancinha de chopp acumulada, às rugas, aos sentimentos descritos acima, por isso o tempo é relativo.

Quem torna o tempo mais lento ou mais rápido somos nós, se aproveitarmos muito bem o tempo que temos, ele se torna tão rápido e tão bom que nem nos queixaremos quando neste mundo não vivermos mais.

E um detalhe para fechar: Não usei trema na palavra frequência, repararam? hehehe


Um comentário:

Andarilho disse...

Sua atenção à nova norma ortográfica é notável. Mas ela só entra em vigor em janeiro. ;D

Quanto aos amigos próximos, pode se fechar em uma ilha. Eu sei nadar.